sábado, 8 de outubro de 2011

Bem casados, bem nascidos, bem vividos... enfim... Bem "tudo o que a gente quizer"... rsrsrs

Ao pensar em docinhos de casamento, provavelmente o bem-casado é o primeiro que vem a sua cabeça. Quase impossível não associar a festa com essa pequena delícia que simboliza a junção de duas pessoas.  O sabor e o significado do docinho já são velhos conhecidos da maioria, mas e a sua origem?
 Você sabe qual é?
 Há quem diga que nasceu em algum lugar da Europa, como um descendente indireto do tradicional e antiquíssimo alfajor árabe, entre os séculos XVIII e XX – período em que as festas de casamento passaram por diversas mudanças no continente. Mas a versão mais aceita e conhecida pelos confeiteiros é a de que ele veio de Portugal, mais especificamente da região entre o Douro e o Minho, onde foi batizado como “casadinho”. A diferença entre ele e a versão brasileira, é que os nossos bem-casados podem ser recheados com doce de leite – ao contrário de seu ascendente lusitano, que leva uma camada de ovos no meio e tem massa um pouco mais densa.



O bem casado representa duas partes que se unem e são seladas pela cumplicidade e respeito mútuo.
Para se ter sorte nesta união, deverá ser distribuído um bem casado à cada convidado.
Diz a lenda, que todo aquele que saborear um bem casado, estará sendo abençoado com a mesma sorte e felicidade dos noivos.
E, para isso, basta fazer um pedido antes de dar a primeira mordida!!!







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por entrar em contato com a Ale Art Cake!! Em breve entraremos em contato para conversarmos sobre a sua festa!!